Como tudo começou…a metamorfose!!!

 

Após alguns anos de dedicação à profissão de ambiente hospitalar que escolhi e adorava, vi-me a dada altura confrontado com a escolha entre a estagnação intelectual, profissional e financeira (a que somos submetidos) versus o prazer de ter e fazer algo de e para mim, basicamente procurar a realização profissional de forma digna.

Receber amigos e família sempre foi algo que me deu grande prazer, principalmente quando o sorriso de quem reunimos à nossa mesa se torna rasgado, elogioso e sincero a tudo que é feito e apresentado. Longos foram os serões em que determinado grupo de amigos me incentivava a fazer o meu lançamento na área da restauração, foi através da força deles, e em particular da minha esposa que decidi saltar para fora da zona de conforto.

Alguns meses de procura por um espaço e eis que Leça da Palmeira surge como uma opção viável a todos os níveis, desde o espaço até ao financeiramente aceitável de se arriscar.

Com uma grande ajuda daqueles que de forma incontornável são os meus verdadeiros amigos (pais) desde que nasci, avancei, com coragem, receio, alegria, humildade e muito “medo”.

 

Com o esforço inenarrável, de amigos e família, passamos de um local austero e sem condições para algo simplesmente confortável e amistoso. Sem grandes devaneios decorativos criámos um perfil decorativo limpo de cores serenas, propício à serenidade na mesa.

Deixo-vos com alguns apontamentos do que foi a evolução de todo processo, deixando para o próximo artigo o conceito gastronómico que nos move.

 

Abraço a todos,

Filipe Moreira